Matéria

SSP realiza operação de combate à violência contra idosos na Região Metropolitana

Operação verifica 34 denúncias de maus tratos recebidas pelo Disque-denúncia

por: ASCOM SSP-PC| Data e hora da publicação: 27/06/2022 - 11:29| Visualizações: 117 Whatsapp
imagem da materia
Foto: Delegado Robervaldo Davino, secretário Flávio Saraiva e tenente Alex Acioli

A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP), através da Chefia de Prevenção e da equipe do Disque-denúncia realizou, na manhã segunda-feira (27), uma operação conjunta de combate aos maus-tratos à pessoa idosa na região metropolitana de Maceió.

A ação faz parte do projeto “Idoso protegido” desenvolvido pela SSP, com o apoio da Polícia Militar, através das Bases Comunitárias, e das secretarias estaduais de Prevenção à Violência (Seprev), por meio do Núcleo de Atendimento à Pessoa Idosa (NAPI) e da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Somente esse ano, 130 denúncias já foram registradas pelo canal do 181. O foco da operação está em 34 denúncias que ainda não foram averiguadas pelas equipes do projeto. Os locais denunciados serão visitados durante a ação conjunta, que vai contar ainda com a participação de equipes da Polícia Civil, por meio do 6º Distrito Policial, da Oplit e do Grupo Especial de Apoio Investigativo (Geai).

“A ação acontece durante o mês de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa e vai atuar no eixo policial e social, dando uma pronta resposta a esse grupo vulnerável que necessita do apoio da segurança pública.”, explica o tenente Alex Acioli, da Chefia de Polícia Comunitária da SSP.

As visitas normalmente são feitas pelas equipes das Bases Comunitárias, que em caso de violência física, patrimonial ou até psicológica já faz o encaminhamento junto à Polícia Judiciária. Quando se trata de casos de negligência ou de abandono, as demandas são repassadas para o NAPI ou Creas tomarem as medidas cabíveis.

O secretário de Segurança Pública, Flávio Saraiva, acompanhou a operação e parabenizou as equipes pela atuação. “Iniciamos a semana trabalhando em prol desse grupo vulnerável que precisa de ajuda. Agradeço a todos pelo empenho nesta ação, que faz parte da série das iniciativas estaduais que buscam a proteção do cidadão idoso.”, disse.

O delegado Robervaldo Davino, do 6º Distrito da Capital, informou que em uma residência no Vale do Reginaldo foi constatada a situação de abandono de uma idosa, deficiente visual, que mora com um filho. Foi dado um prazo de 30 dias para que o filho melhore as condições da moradia e o Creas fará o acompanhamento, visando encontrar um abrigo para a idosa.

 

Galeria da matéria

  • ...
  • ...
  • ...

© 2020 Polícia Civil de Alagoas

Menu